quinta-feira, 4 de outubro de 2012

QUAL O SEU PERFIL NA OBRA MISSIONÁRIA?



Texto Blog. Visão Missionária
Vamos agora conhecer  o perfil do contribuinte de missões no Brasil, suas motivações, envolvimento e expectativas.

Existe um texto no primeiro livro do profeta Samuel, em que o Rei Davi esclarece que tanto os que desceram à peleja quanto os que ficaram guardando a bagagem receberão partes iguais.
“Por isso disse Davi aos seus homens: Cada um cinja a sua espada. E cada um cingiu a sua espada, e cingiu também Davi a sua; e subiram após Davi uns quatrocentos homens, e duzentos ficaram com a bagagem. 1 Samuel 25:13
E quem vos daria ouvidos nisso? Porque qual é a parte dos que desceram à peleja, tal também será a parte dos que ficaram com a bagagem; igualmente repartirão.” 1 Samuel 30:24

A exemplo das Sagradas Escrituras, entendo que o “contribuinte” de missões também é um missionário e tanto o que tem o ministério de ir, receberão sua parte ou galardão. É aquela velha historia: um vai, outro financia e o outro ora. De qualquer forma TODOS são comissionados.

A pergunta é qual a minha parte nessa história toda? Veremos então essas categorias:

O AMIGO – é aquele que contribui com o missionário porque é amigo pessoal dele. Já o conhecia antes de ir ao campo, já se relacionavam, sabe de sua seriedade e compromisso. Acima de tudo o considera se grande amigo.
O FRUSTADO – é o que contribui porque ele mesmo gostaria de ser um missionário. Contudo as coisas não saíram como ele queria  e contribuindo ele sente que tal missionário esta sendo missionário no lugar dele.
O CONSTRANGIDO – esse aqui sente desconforto em dizer “NÃO” quando é desafiado a se envolver num ministério.
O APAIXONADO – é motivado pelo amor que sente por Jesus. Além disso, acha que dando ao missionário esta dando também a Deus.
O SOLITÁRIO – esse contribuinte é sensível á grande necessidade mundial do conhecimento de Cristo. Ademais, ele se sensibiliza com a miséria, menores abandonados, epidemias, guerras, etc. ele também poderia ser chamado de o “empático”.
O PAIZÃO – geralmente são pessoas idosas que resolveram “adotar” o missionário e traze-lo guardado no coração como um filho. Pode ser também a mãezona.
O ABENÇOADO – esse aqui contribui porque recebe benção as quais atribui ao fato de ter ofertado.
O TRANSVISIONÁRIO – ele já é um missionário atuante e por admirar o ministério de alguém quer abençoá-lo financeiramente.
O ESCLARECIDO – contribui por saber que o trabalho que determinado missionário realiza é em última instancia, um trabalho de Deus.
O CORPORATIVO – esse aqui nem sequer conhece o missionário, mas conhece a missão ou organização a que ele pertence e a admira muito, por isso, contribui.
O INTERESSEIRO – contribui para poder deduzir do imposto de renda.
O PARENTE – esse contribui por ser parente do missionário. Ele nem ser crente mas deseja participar daquele “trabalho”
O VAIDOSO – esse quer ver seu nome publicado no jornal da denominação ou na lista dos contribuintes de determinado ministério.
O ANÔNIMO – em contrapartida, há aquele que deposita a oferta para alguém sem jamais se identificar, crendo que o importante mesmo e Deus saber seu ato e suas intenções.
O ARTICULAR – é aquele que, além de contribuir, movimenta a igreja, faz campanha e incentiva outras a contribuírem.
O INDECISO – é aquele que a cada mês envia a oferta para um missionário diferente.
O PAPAI NOEL – aquele que só contribui em dezembro.
O OPORTUNISTA – só manda a oferta quando esta bem financeiramente, sem dívidas, ou com algum dinheiro sobrando.
O OVELHA – só contribui para os projetos ou missionários autorizados pelo pastor da igreja.
O VISIONÁRIO – esse contribuinte quer ver o proposito de Deus sendo cumprido no mundo e sente-se responsável por isso. Seu pressuposto esta em Mateus 28.19 “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; "

Observando esta lista, vemos que alguns contribuintes são mais louváveis e outros nem tanto. Com certeza algum perfil você entrou, cabe fazer uma auto análise da nossa vida e o nosso  compromisso com a obra de Deus.

Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus. 1 Coríntios 10:31
E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens, Colossenses 3:23
E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. Colossenses 3:17
Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem; Mateus 23:3
O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco. Filipenses 4:9
Como também eu em tudo agrado a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que assim se possam salvar. 1 Coríntios 10:33
Todas as vossas coisas sejam feitas com amor. 1 Coríntios 16:14
Também o que a ti e a teus irmãos bem parecer fazerdes do restante da prata e do ouro, o fareis conforme a vontade do vosso Deus. Esdras 7:18
Ouve tu nos céus, assento da tua habitação, e faze conforme a tudo o que o estrangeiro a ti clamar, a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu nome, para te temerem como o teu povo Israel, e para saberem que o teu nome é invocado sobre esta casa que tenho edificado. 1 Reis 8:43

Seja um parceiro ou mantenedor da obra missionário. 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...