quinta-feira, 20 de outubro de 2011

SEMIADECIN COOPERA COM ESTE MISSIONÁRIO


Cascais - Portugal, 04 de outubro de 2011.

A fé faz todas as coisas possíveis... o amor faz tudo mais fácil” (D.L. Moody)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária,

     Graça e paz da parte de nosso Senhor Jesus Cristo.

     Estamos todos bem, graças ao nosso Bom Deus.
     Queremos agradecer a todos amados irmãos que estiveram orando pela viagem que fizemos à Itália no final de setembro. O Pr. Marcelo Martins esteve conosco em Portugal por alguns dias e aproveitamos a oportunidade para irmos à Itália, enquanto a sua esposa Vânia ficou com a Alessandra, Matheus e Lucas aqui em Portugal.
     Na Itália fomos muito bem recebidos pelo Pr. Celso Venâncio na cidade de Verona. O Pr. Celso tem uma longa vivência missionária, tendo trabalhado em Angola por cerca de 10 anos. Tivemos um tempo muito abençoado onde pudemos participar de um culto na Igreja pastoreada por ele naquela cidade e também participar de um batismo na cidade de Genova, que também está debaixo de sua liderança, onde pudemos conhecer o Pr. Jorge que está cuidando daquela igreja. O Pr. Celso está disposto a nos ajudar com a carta convite para que possamos estar indo para a Itália no próximo ano. Enquanto isso, estarei visitando a Itália a cada dois meses para ajudar no trabalho missionário naquele país. Juntamente com o Pr. Marcelo foi firmado um acordo de cooperação para que possamos iniciar o processo para estarmos nos mudando para a Itália no próximo ano. Somos muito gratos ao Pr. Celso pela disposição de nos ajudar na Itália, bem como ao Pr. Alex Branco que também tem sempre nos apoiado aqui em Portugal.
     Por favor, continuem orando por nós, pois somos muito carentes das vossas orações. Não tem sido nada fácil conciliar todas as nossas responsabilidades que envolvem: Brasil, Portugal, Itália e Índia. Estou trabalhando para terminar de escrever o Curso Teológico de SEMIPA, ao mesmo tempo em que temos buscado ser bênção para a obra missionária e para a Igreja Baptista de Cascais aqui em Portugal. Temos procurado desenvolver mais o nosso estudo da língua italiana e estaremos começando um curso intensivo de italiano daqui há algumas semanas, além do que estarei visitando a Itália a cada dois meses. Também pesa a responsabilidade de acompanhar o trabalho dos 22 missionários indianos. Tenho participado de reuniões mensais (através do Skype) com nossos obreiros na Índia, além de traduzir suas cartas para os mantenedores no Brasil. Além disso, existem os problemas do dia-a-dia que também exigem parte do nosso tempo e muitas vezes querem ocupar nossas mentes e minar nossas forças. Preciso muito da graça, sabedoria e direção do Senhor em todas estas coisas.
     No dia 08 de outubro será realizado em Calcutá o Seminário de Sporshow, com o apoio de SEMIPA. Será uma oportunidade de reunir todos os obreiros indianos num mesmo lugar, visto que eles trabalham em diversas vilas de West Bengal, distantes uma das outras. Eles estarão reunidos para oração e estudo da Palavra de Deus, além de poderem desfrutar de um momento especial de comunhão onde poderão encorajar uns aos outros. Eu estarei participando pela internet (Skype). Orem para que seja um momento marcante em cada vida.
     Quero agradecer a todos os irmãos que têm orado pelo meu pai. Ele já iniciou a quimioterapia e continua precisando muito das orações de todos amados irmãos.
     Uma vez mais, somos imensamente gratos a todos amados irmãos pelas vossas preciosas orações e contribuições para o nosso ministério. Muito obrigado por estarem em nossa retaguarda segurando as cordas!
     Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique, Alessandra, Matheus e Lucas
-----------------------------------------------------
Escreva para nós através dos e-mails:
ppaulo_henrique@hotmail.com | ppaulohenrique@gmail.com | alessandraccunha@hotmail.com

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

IDE POR TODO MUNDO HOJE, AMANHÃ, QUANDO?????



A oração realiza grandes coisas - um testemunho do poder da oração

21 abr 2011ORIENTE MÉDIO

“A oração realiza grandes coisas. Algumas vezes, quando oramos, não enxergamos o resultado de nossa oração. Outras vezes, você vai ouvir que a reunião de oração da qual participou foi diretamente usada pelo Senhor, e que um dos nossos irmãos foi abençoado no exato momento em que você intercedeu por ele”, afirma Michael, um dos colaboradores do Oriente Médio.
Ele continua: “Nadia, por exemplo, passou alguns meses na prisão apenas por ser cristã. Um de nossos colaboradores se encontrou com ela e Nadia contou sua história. Em uma ocasião, ela disse para os oficiais da prisão que não daria nenhuma informação sobre as pessoas que ela conhecia ou sobre seu marido; apenas falaria sobre si mesma. Isso fez com que ela ficasse em uma solitária por 4 dias. Essa cela mede 2m x 3m. “Fazia muito frio lá”, ela conta. “E não havia banheiro, nem nada disso. Em certo momento, estava com muito frio e a experiência foi muito difícil. De repente, senti uma brisa quente soprando em meu rosto; tão quente que quando respirei fundo e o ar entrou em meus pulmões, comecei a tossir”.
Ela não tinha ideia de onde aquele calor vinha e, ao mesmo tempo, estava muito feliz. Essa sensação de alegria a invadiu de tal forma que Nadia começou a dançar na cela. Ela estava confusa. Ela se perguntava como conseguia sentir calor em um lugar frio como aquele? “Então, eu ouvi uma voz”, ela enfatiza que não era uma voz interna, e sim audível, “como se alguém dentro da cela estivesse dizendo: ‘Isso é porque pessoas estão orando por você. Esse é o espírito de alegria que está sobre você’”.
Tempos depois, quando foi solta, Nadia compartilhou sua experiência na cela da prisão com a sua irmã. Quando ela contou quando o fato havia ocorrido, sua irmã disse que era a hora e o dia exatos em que 32 cristãos se encontraram para orar por ela. Dois cristãos foram para outro lugar para representar Nadia e outro cristão que estava preso, enquanto os outros 30 irmãos se reuniram para pedir a Deus que os confortasse e enviasse seu espírito de alegria sobre eles.
Michael encerra o relato dizendo: “O testemunho foi de grande encorajamento para esse grupo de oração, e para todos os outros que dobram os seus joelhos para orar por cristãos em situação semelhante”.
FontePortas Abertas
TraduçãoDeborah Stafussi




Irmãs são vítimas de sequestro, estupro e conversão forçada


14/1/2009 - 14h27

Duas irmãs cristãs foram seqüestradas, estupradas e convertidas ao islamismo à força. Quando conseguiram voltar para casa, um grupo de manifestantes exigia a custódia de ambas, pois eram “muçulmanas”.

Parvisha, 18 e Sanam, 14, filhas de Arif Masih, receberam um telefonema em novembro do ano passado, de alguém se apresentando como proprietário de um salão de beleza, e oferecendo um curso de cosméticos gratuito.

Parvisha se animou com a idéia e pediu que sua irmã participasse com ela. O homem concordou e disse que buscaria as irmãs em casa.

Mais tarde, identificou-se que a ligação havia sido feita por um vizinho.

No dia 12 de novembro de 2008, o vizinho e um amigo pegaram as meninas em casa e as drogaram. Quando elas recobraram a razão, encontraram-se trancadas em um pequeno quarto de hotel no distrito de Mianwali.

Os homens, supostamente armados, ameaçaram as meninas de morte. Foi dito que ambos estupraram as duas durante a noite.

Antes de amanhecer, eles saíram do hotel, levando as irmãs como reféns e dirigiram para Karachi, onde ficaram em uma casa durante seis dias.

Elas foram estupradas durante cinco dias. No sexto dia, foram levadas a uma madrassa (escola religiosa islâmica), onde foram "convertidas" ao islã e receberam nomes muçulmanos.

Depois da “conversão", os raptores disseram às meninas que, se elas cooperaram, seriam libertadas logo.

Saindo da madrassa, os homens levaram as reféns a dois advogados, afirmando que as garotas haviam se convertido ao islã e gostariam de ficar em um abrigo público em vez de voltar para casa.

Os advogados também abusaram sexualmente das meninas. No entanto, Sanam conseguiu discar para emergência e a polícia chegou ao local em poucos minutos.

Um dos advogados foi preso e levado à delegacia Ferozabad, em Karachi. Parvisha foi levada ao hospital. Da delegacia, Sanam telefonou para seu pai, que rapidamente se dirigiu a Karachi para levar suas filhas de volta para casa.

Manifestantes exigem custódia
Em 30 de dezembro, pastor Sharif Alam procurou o Centro de Ajuda Legal e Assentamento (CLAAS, sigla em inglês) para informar sobre o caso das duas irmãs e pedir aconselhamento legal.

Quando membros do CLAAS se encontraram com a família das vítimas na casa do pastor Sharif, um grande número de pessoas se reuniu em frente ao lugar, exigindo a custódia das “recém-convertidas”.

As pessoas começaram a apedrejar e atirar contra a casa, quase ferindo o pastor e o diretor nacional do CLASS, Joseph Francis. Ambos chamaram a polícia.

Os manifestantes conseguiram capturar Sheraz, filho do pastor Sharif, que foi agredido. Quando a polícia chegou, eles tentavam arrombar a casa, mas foram dispersos pelos policiais. Três manifestantes foram presos.

Em 2 de janeiro, as garotas depuseram perante o magistrado local. Elas afirmaram que foram seqüestradas de sua casa, estupradas e convertidas ao islamismo contra sua vontade. Também disseram que querem viver e morrer seguindo o cristianismo e que não deixarão sua família.

Tradução: Daila Fanny   

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

DISCIPLINAR, CONVERSAR, DEIXAR FAZER TUDO, O QUE FAZER ???????


OBSTÁCULOS À DISCIPLINA
Muitos dos problemas e fracassos que os pais enfrentam na criação dos filhos derivam do fato de não buscarem a sabedoria e orientação de Deus para isso, e não as aplicarem em sua vida.
Mas existem vários obstáculos que impedem que recebam a instrução divina e Sua sabedoria, para sua informação quanto à disciplina dos filhos:

PENSAMENTOS HUMANISTASEssa filosofia, muitas vezes, traz consigo a ideia de que a autoridade e disciplina paternas são coisas erradas e que impedem a verdadeira liberdade humana. A noção de que as crianças são seres basicamente bons e que se forem deixadas a vontade crescerão felizes, é outra doutrina humanista que tem tido uma influencia muito forte ate mesmo entre os cristãos que passam a pensar que se usarem a vara, estarão prejudicando o desenvolvimento e a felicidade futura do filho.
Prov.22:15”A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará dela.” 

FALSA NOÇÃO DE AMOR -  Alguns pais dizem “amo meus filhos demais e não gosto de bater neles.” A primeira vista pode parecer certo, mas fica muito aquém do verdadeiro amor que Deus mesmo nos ensina. “O que retém a sua vara aborrece a seu filho, mas o que ama, cedo o castiga” Prov.13:24 “porque o Senhor corrige a quem ama assim, como o pai ao filho a quem quer bem. Prov.3:12

CRUELDADE COM CRIANÇAS – Outro obstáculo que leva alguns pais a não quererem usar a vara em seu filhos são as frequentes noticias de espancamento de crianças. Entretanto os pais, mesmo rejeitando o método com os filhos, devem ter o cuidado de não rejeitar o método divino de se exercer a disciplina com amor.(nunca usar a vara no momento de raiva é para disciplinar e não espancar. Se os pais punem com raiva dão a impressão de rejeição à criança em vez de correção da falta) “Não retires da criança a disciplina, pois se a fustigares com a vara, não morrerá. Tu a fustigarás com a vara e livrarás a sua alma do inferno.” Prov.23:13,14

PREGUIÇA(acomodação) – É verdade que o exercício dessa disciplina em amor, ao bater, dá trabalho, mas vale a pena para os pais que desejarem ver os frutos da felicidade e obediência na vida dos filhos Prov.29:15 “A criança entregue a si mesma deixada a vontade, vem a envergonhar a sua mãe.”

PROCURE VER O BENEFÍCIO FINAL DA CORREÇÃO – Quando uma criança tira um brinquedo de outro e grita cheia de raiva “Dá pra mim. É meu!.” O pai deve concluir que a raiva indica a presença de direitos pessoais que não foram cedidos, assim como egoísmo de não querer compartilhar o brinquedo com outra criança. É importante fazer a criança devolver o brinquedo. Ela pode se recusar a isto e não obedecer o pai. Nesta altura é importante que o pai expresse novamente a ordem em forma de admoestação. Se a criança não atende, é necessário corrigi-la. O pai ou a mãe devem perceber que através da correção a qualidade da mansidão esta sendo instalada na criança.

COM QUE IDADE COMEÇA A CORREÇÃO? – A correção começa quando a criança principia a resistir à vontade dos pais. Geralmente isto acontece quando a criança começa a engatinhar. E só deve ser aplicada pelos pais.

NUNCA PERCA A OPORTUNIDADE DE CONVERSARNunca usar a correção como forma de comunicação com o seu filho tem pais que só sabem castigar os seus filhos nunca há um diálogo, Isto poderá ser feito através de perguntas como: O que você deveria ter feito? O que foi que você fez? Se a criança não conseguir contar, isso poderá ser um indicio de que você não o instruiu e admoestou como devia.
Nunca perguntar isso em um tom de acusação, xingamento, constrangimento em público.  Se você perguntar :Por que você fez isto?, a tendência será culpar os outros ou as circunstancias(há ocasiões em que a criança não está errada). Se perguntar: Você fez isto? A tendência dela será negar. Continue perguntando “  O que você fez? Ate que responda. Até passar o momento da raiva sempre demonstrar a criança que se preocupa com os seus sentimentos.


MINISTÉRIO INFANTIL DA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM CIDADE NOVA

Tia Silvana Coordenadora do campo em Cidade Nova

TIA ÉRICA, TIA RITINHA E AUXILIARES TRABALHANDO EM PROL DO CRESCIMENTO DO REINO DE DEUS


PARCERIA DEPARTAMENTO DE MISSÕES E MINISTERIO INFANTIL

Tia Liane todo primeiro domingo Santa Ceia, jogando a semente da Palavra de Deus.


Este é o fruto da semente da Congregação de Copacabana em Cidade Nova  João Vitor 


Deus é fiel


Em novembro estaremos trabalhando o cofrinho missionário usando material descartável



VEM AÍ O CONGRESSO INFANTIL DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM CIDADE NOVA

LOCAL: RUA JOAQUIM PALHARES PROX. AO METRÔ DO ESTÁCIO
TEMA: QUEM É JESUS?
DIAS: 14, 15 e 16 de OUTUBRO
VOCÊ E O NOSSO CONVIDADO!!!!



sábado, 1 de outubro de 2011

ASSEMBLEIA DE DEUS EM CIDADE NOVA NO PERU


Missionário Valdecir Quevedo e Família.
Lima, 30 de Setembro de 2011.


“Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”
Filipenses 3:14

            Prosseguir é o nosso objetivo, mesmo que às vezes seja bastante difícil, mas seguimos olhando para aquele que é o exemplo supremo para nossas vidas, não olhando para esquerda e nem para a direita, assim desta maneira com muita alegria podemos através destas poucas linhas compartilhar as bênçãos, que Deus por sua infinita fidelidade, derrama sobre a sua igreja aqui em Lima.
            A igreja do Senhor segue avançando, e para honra e glória Dele, neste mês de setembro foram abertas mais duas portas aqui em Lima, para que o evangelho seja pregado nesta grande cidade.
No dia 02 de Setembro inauguramos em um bairro de Chosica, chamado Huallaringa, mais uma congregação, onde estiveram presentes 12 visitantes, já foi começado naquela localidade um trabalho com crianças, o que já tem dado resultado, e as noticias que recebemos são satisfatórias. Também no dia 28 deste mês, inauguramos uma congregação em uma localidade chamada Naranjal, este era um projeto que estava no nosso coração há quase três anos, porém as dificuldades de recursos financeiros nos impediam de alcançar tal objetivo, mas sabemos também que para todas as coisas há um tempo correto, e Deus nos proveu no tempo Dele, uma abençoada parceira com a Igreja Assembléia de Deus de Angra dos Reis, e com muita alegria fizemos nesta ultima quarta – feira do mês, um abençoado culto de inauguração, onde estiveram presentes 8 visitantes.
Na congregação de Hiroshima também foi iniciado um trabalho com crianças, o que nos leva a 7 trabalhos infantis, isso enche nosso coração de alegria, mas também sabemos que significa que teremos mais trabalho, pois temos que fornecer as histórias bíblicas, os lápis de cores, os desenhos e trabalhos para que sejam desenvolvidos com os pequenos, e pedimos vossas orações em nosso favor para que Deus nos acrescente forças, tempo e supra as nossas necessidades.
Seguimos no nosso objetivo de chegar ainda este ano a 10 congregações e de destacar obreiros nacionais para este trabalho, pela misericórdia de Deus, chegamos a 9, e temos visto o Dono desta obra capacitando e levantando peruanos para o desenvolvimento, crescimento e estruturação desta igreja. Continuamos firmes neste propósito, reconhecendo a cada dia que a obra aqui é do Senhor e que Dele vem o crescimento.
Somos imensamente agradecidos por nossa igreja em Viamão, pelas Igrejas parceiras nesta obra, por cada oração e por vossas contribuições.
Pedimos aos amados irmãos que estejam a orar para que os objetivos sejam alcançados, para que venhamos estar sempre no centro da vontade do Senhor, para que as muitas necessidades venham ser supridas e para que Deus levante obreiros peruanos.
Saudações em Cristo...
Pelos Laços do Calvário
FOTOS MISSIONÁRIOS VALDECI QUEVEDO E SUA ESPOSA CRISTINA QUEVEDO - PERU
VOCE PODE COOPERAR COM ESTA OBRA: ORANDO, FINANCEIRAMENTE ENTRE EM CONTATO COM A SECRETARIA DE MISSÕES SEMIADECIN






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...