quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

CULTO A SANTA MUERTE - MÉXICO


Igreja faz exorcismo para livrar México de "diabo do narcotráfico".


Se nas ruas o México trava uma batalha diária contra a violência, no plano espiritual, o inimigo a ser combatido é outro: segundo padres católicos, o país está sob ataque do 'Satanás'.
O Diabo, afirmam os religiosos, seria o responsável pela recente onda de violência que assola o país, impulsionada pelo tráfico de drogas.
O assunto é encarado de forma tão séria pela Igreja Católica que o número de padres especializados em exorcismo - prática que expulsaria espíritos malignos - também vem crescendo no México.
Segundo os últimos dados disponíveis, pelo menos 70 mil pessoas morreram vítimas da violência no país, incluindo criminosos, membros das forças de segurança e civis inocentes.
Mas, para os padres, não se trata apenas de números. A selvageria dessas ações também vem chamando atenção.
Nos últimos anos, vêm se tornando cada vez mais frequentes, em várias partes do México, casos de crianças que acham corpos desmembrados nas ruas quando vão à escola. Ou motoristas que, enquanto dirigem, passam por pontes com corpos pendurados.
"Nós acreditamos que, por atrás de todos esses episódios, há um agente das trevas cujo nome é Satanás. Nosso Deus quer que tenhamos aqui um ministério do exorcismo e liberação, para lutar contra essa força obscura", diz o padre exorcista Carlos Triana, da Cidade do México.
"Assim como acreditamos que Satanás estava por trás de Adolf Hitler, possuindo e dirigindo ele, também acreditamos que ele (Satanás) está por trás dos cartéis das drogas."
Os padres exorcistas do México dizem que, nos últimos tempos, cresceu a procura por seus serviços.
A demanda é tão alta que alguns deles já estão recusando atendimentos, uma vez que precisam exorcizar demônios praticamente todos os dias.
"Isso não acontecia antes", diz o padre exorcista Francisco Bautista, outro exorcista na Cidade do México.
A maioria dos casos, explica ele, requer uma forma mais branda de exorcismo, chamada "orações de liberação", eficaz quando a pessoa ainda controla parte de sua mente ou do seu corpo.
Nos casos mais raros, quando o Demônio possui alguém completamente, diz ele, o bispo da diocese tem de intervir.

'Santa Muerte'

Na avaliação de Bautista, a crescente demanda pelo exorcismo é parcialmente explicada pela grande quantidade de mexicanos participando do culto da Santa Muerte.
Estima-se que o culto, cujos frequentadores veneram um esqueleto vestido de noiva carregando uma foice, tenha cerca de 8 milhões de seguidores - incluindo aí imigrantes mexicanos na América Central, nos Estados Unidos e no Canadá.
"Esse culto foi adotado por traficantes de drogas que pediram ajuda à Santa Muerte para evitar ir à prisão e ganhar dinheiro", diz Bautista. "Em troca, eles oferecem sacrifícios humanos. E por isso a violência vem aumentando", explica.
Outra razão para o crescimento dos exorcismos, argumenta Bautista, é a descriminalização dos abortos na Cidade do México, em 2007. Tanto o culto quanto o aborto deixaram o México vulnerável aos espíritos malignos, insiste ele.
"As duas coisas estão relacionadas. Há uma infestação de demônios no México porque nós abrimos as portes para esse tipo de crença", explica.
Se causa surpresa o número de mexicanos que acredita na Santa Muerte, também provoca espanto quantos deles, como os padres Triana e Bautista, creem que o Diabo e os demônios estão "operando" no país.
O exorcismo é uma prática antiga e aparece em diferentes religiões, mas muitos fieis duvidam da existência de demônios.
A linha de frente dos exorcistas no México é a região norte do país, onde, nos últimos sete anos, os militares vêm combatendo os cartéis de drogas.
Tal como os soldados, os sacerdotes têm travado ali um conflito espiritual. Um desses padres é Ernesto Caro, que vive em Monterrey, uma cidade marcada por tiroteios e sequestros freqüentes.
Ele exorcizou vários membros dos cartéis de drogas - e de um caso em particular ele não se esquece. Era um assassino de uma gangue, que confessou crimes terríveis. Caro disse que o homem cortava as vítimas em pedaços e gostava de ouvi-las chorar enquanto decepava seus membros. Além disso, também queimava pessoas vivas.
Segundo o padre, o homem havia dedicado sua vida ao serviço da Santa Muerte.
"O culto é o primeiro passo para o satanismo e, em seguida, para este grupo de pessoas [os traficantes]. É por isso que ele foi escolhido para esse trabalho."
"A Santa Muerte está sendo usada por todos os nossos traficantes de drogas e aqueles vinculados a esses assassinatos brutais. Descobrimos que a maioria deles, se não todos, são devotos da Santa Muerte", acrescenta.
O culto também é frequentado por criminosos, policiais, políticos e artistas.
"A maioria dos fiéis vem dos setores mais pobres da sociedade mexicana", diz o jornalista José Gil Olmos, que já publicou dois livros sobre o assunto.

Culto

As primeiras referências à Santa Muerte surgiram no século 18, explica Olmos, e não em tempos astecas, como muitos acreditam.
"Na era moderna, o número de seguidores explodiu, especialmente após o início dos anos 1990, quando o México mergulhou em uma grande crise econômica."
Naquele período, muitos mexicanos de classe média encontraram-se na miséria. Desesperados, procuraram conforto na Santa Muerte, acrescenta Olmos.
"Mas há oito anos, a Santa Muerte ganhou acolhida entre membros do cartel de drogas. Por quê? Porque essas pessoas dizem que Jesus ou a Virgem Maria não podem lhes dar o que eles pedem, ou seja, proteção contra os soldados e policiais, seus inimigos."
A reportagem da BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, visitou o maior culto da Santa Muerte, uma cerimônia anual que acontece no bairro de Tepito, na Cidade do México, um local fortemente marcado por crime e tráfico de drogas.
Ali se localiza um dos maiores santuários da Santa Muerte no México. O altar é mantido arrumado por Enriqueta Romero, de 60 anos, cuja vida mudou drasticamente há 12 anos, quando chocou seus vizinhos colocando uma figura da Santa Muerte em sua janela.
Ao longo dos anos, mais e mais pessoas começaram a se aproximar para pedir ajuda ou agradecer à divindade. E agora, milhares se reúnem ali para a cerimônia mais importante da veneração, que ocorre anualmente no dia 31 de outubro, véspera do Dia de Finados, no México.
"A Santa Muerte nos ama e nos cura. As pessoas vêm aqui para pedir-lhe ajuda, desde a um filho na prisão ou com Aids, ou algo para comer", diz Romero.
Durante a visita da reportagem, algumas pessoas chegavam ao santuário ajoelhadas. Uma delas era um homem que carregava um bebê de 20 dias em seus braços. Ele diz ter vindo para apresentar sua filha recém-nascida à imagem da Santa Muerte.
Mas todas essas pessoas estão possuídas, como a Igreja diz?
"Não, eu também acredito em Deus, na Virgem Maria, e em todos os santos, mas sou mais devoto da Santa Muerte. Ela é a única que me ajuda mais", diz José Roberto Jaimes, um homem de 20 anos que veio de joelhos para agradecer à divindade depois de passar três anos na prisão.

Afastamento

Romero diz acreditar que a própria igreja seja responsável pela ascensão do culto, dado o número de escândalos de pedofilia que vieram à tona nos últimos anos.
"Acabaram com a nossa fé quando soubemos o que os padres vinham fazendo. Qual direito eles têm de nos criticar? Que acreditamos na Santa Muerte? Isso não é ruim. O ruim é o que eles fizeram", diz Romero.
Questionado sobre o que acha de criminosos também seguirem a seita, Romero afirmou que "estamos em um país livre e todos podem fazer o que quiser. Todos teremos de responder a Deus em algum momento", diz ele.
Foi o ex-presidente do país, Felipe Calderón, que lançou a ofensiva contra os cartéis de drogas no México em 2006, com o envio de tropas militares às regiões mais atingidas pela criminalidade.
Ao longo dos anos, os militares descobriram numerosos santuários, templos e até mesmo igrejas da Santa Morte, além de inúmeras evidências de sacrifício humano.
"Ele (Calderón) começou uma guerra contra esses bandidos. Também começou uma guerra contra o culto à Santa Muerte e pediu à Igreja para ajudá-lo", diz o padre Caro.
"Mas a Igreja não está dizendo que o México ficará melhor e a salvo se nós fizermos exorcismo porque o Diabo está por trás de tudo isso", completa o padre Triana.
"Nós temos de ser discretos (com essas práticas), do contrário nós podemos ser ridicularizados, até mesmo por nossos seguidores", conclui Triana.




"E SE O MEU POVO, QUE SE CHAMA PELO MEU NOME, SE HUMILHAR, E ORAR, E BUSCAR A MINHA FACE, E SE CONVERTER DOS SEUS MAUS CAMINHOS, ENTÃO, EU OUVIREI DOS CÉUS, E PERDOAREI OS SEUS PECADOS, E SARAREI A SUA TERRA." 
2 CRONICAS 7:14



FONTE: 27/11/2013  
08h03  UOL NOTICIAS

VEJA FOTOS TIRADAS DA WEB

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

A SERVIÇO DA IGREJA DE CRISTO

EGITO
Minha esposa e eu viemos ao vilarejo onde eu trabalho agora, onde a igreja protestante local tinha acabado de perder o seu pastor. Os cristãos haviam decidido que sem um pastor, seria melhor a igreja ser fechada. Havia cerca de 250 membros, mas no fim somente 160 iam aos cultos. Eu falei a alguns representantes da igreja e os convenci de que realmente deveríamos continuar nos reunindo. Foi difícil persuadi-los, porque eu era jovem e sem qualquer qualificação teológica. Finalmente eles me deram sua bênção.

Durante um treinamento eu aprendi como estabelecer o trabalho de uma igreja num vilarejo. Visitei todos os cristãos, casa por casa, e insisti com eles para que fossem à igreja no domingo seguinte. Quando encontrei cristãos ortodoxos, eu lhes recomendei que fossem à sua própria igreja, mas alguns deles ficaram curiosos e foram também à igreja evangélica. Os padres ortodoxos não ficaram contentes com isso. Por esta razão, o meu relacionamento com eles tornou-se tenso no começo. Felizmente, depois de alguns meses, construímos uma relação de confiança.

Logo a igreja começou a crescer e depois de alguns meses, eu tive de realizar dois cultos aos domingos pela manhã. Até nos dias de semana, cerca de 120 pessoas iam aos cultos. O número de membros cresceu: alguns cristãos ortodoxos filiaram-se à igreja protestante e também os filhos dos membros da igreja, que nunca estiveram registrados na igreja, foram acrescentados a esse número.

Agora sou responsável pela igreja cristã do vilarejo. Eu prego, mas devido minha falta de instrução, não posso celebrar batismos, casamentos e Santa Ceia. Para essas ocasiões vem um pastor ordenado. Entretanto, no ano que vem eu vou começar a estudar teologia e espero ser um pastor bem equipado e eficaz no futuro. Estou morando com minha esposa no segundo andar da igreja e estamos muito contentes com o que Deus tem feito. Minha esposa também quer pregar para as mulheres no futuro.

A nossa vinda trouxe ânimo à igreja. As pessoas, que são bem pobres, levantaram dinheiro para comprar uma televisão, um vídeo e um telefone para a igreja. Eu também treinei rapazes que estão agora viajando aos vilarejos vizinhos para ativar as igrejas de lá, o que está gerando um verdadeiro avivamento. Girgis sorri: Graças a Deus esse ministério tem recebido o apoio da Portas Abertas.

*Nome alterado por motivo de segurança.
Pedidos de oração • Agradeça a Deus pela vida de Girgis e por seu amor pela obra. Agradeça também pelo apoio que ele recebe através da Portas Abertas.
• Continue orando pela expansão do Reino de Deus no Egito, para que cada vez mais muçulmanos se rendam ao amor de Cristo.
O texto acima foi retirado do site do Domingo da Igreja Perseguida (DIP) 2014, que tem como tema “Pastores e líderes africanos”. Toda semana, novos pedidos de oração são publicados. Acompanhe!
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoMarcelo Peixoto

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

ELES PRECISAM DA GRAÇA DO PAI

Cambell tem 16 anos

Esta matéria me chamou a atenção, desta grande verdade, jovens preocupados em demasia com o seu próprio corpo, que se propõem alterar a imagem que a natureza lhes deu, isto é Deus. É tempo de Evangelizar. Missões urgente!

São jovens com menos de 25 anos, vivem no Reino Unido e têm em comum o fato de todos já terem desafiado o próprio corpo. A fotógrafa Michelle Sank, interessada por esse tipo de questões existenciais, captou jovens que se propõem alterar a imagem que a natureza lhes deu para chegar ao ideal de beleza definido pela sociedade ocidental e por eles próprios.
Como sociedade que vive cada vez mais de imagens, ela acaba manipulando os padrões de beleza e aquilo que aceitamos como belo ou ‘perfeito’. É em busca dessa suposta perfeição que vão estes jovens: uns fizeram cirurgia plástica, outros se entregaram a doenças como anorexia e há até quem queira reproduzir literalmente ícones da cultura pop. Há também registros de casos de mudança de gênero, que fogem de uma busca somente por um padrão de beleza, mas que a fotógrafa também escolheu retratar na série.
A verdade é que, nessa busca por aceitação, os jovens acabam sofrendo transformações complicadas. In My Skin é o nome da série, que a fotógrafa espera que faça com que as pessoas “questionem a pressão que é criada em torno deste ideal de perfeição em uma idade tão jovem”.

A luta para ter uma melhor aparência e para mudar o sexo que Deus lhe deu. Precisamos orar e buscar na Palavra de Deus. Evangelizar jovens homens e mulheres, o tempo é este.

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Gênesis 1:27
Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea.Marcos 10:6
Todavia, nem o homem é sem a mulher, nem a mulher sem o homem, no Senhor. 1 Coríntios 11:11
Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o Senhor. Levítico 19:28
A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. 1 Coríntios 7:4
Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas. Filipenses 3:21
Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros. Romanos 12:5
Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Efésios 4:12
Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
20Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.
1 Cor. 6:19,20

Busque a Palavra de Deus cada um destes versículos tem um contexto que vai falar muito ao seu coração. Visite um igreja Evangélica que viva a Palavra de Deus e tenha uma Escola Bíblica Dominical. Este versículo que esta abaixo marcado diz tudo, Jesus ama você do jeito que você é quem muda é o Espirito Santo, deixa ele operar no seu coração, comece aceitando JESUS como o seu único salvador.
Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.
1 Coríntios 6:12


Cambell e uma das mais novas, com apenas 16 anos. E transgênero masculino para feminino.
Hannah 20 anos aumentou os labios e os seios, colocou botox, fez rinoplastia e lipoaspiração.
Nicola e Rachel irmãs gêmeas de 20 anos a 1ª anorexia, a 2ª aumentou recentemente os seios
Ellie 21 anos e tatuada ao longo do corpo
Jade 20 ano - sobrancelhas tatuadas e extensões de cabelo


 Foto no Facebook, é dramático, mas infelizmente esta é a realidade do culto ao corpo,  a busca do corpo perfeito, para muitos começa cedo.  E com a permissão dos pais. 

Hoje nas nossas igrejas vemos jovens preocupados em fazer Botox, aumentar os seios, fazer tatuagens e outras coisas que o mundo esta oferecendo. Receba Jesus, mude de vida.

O Espirito Santo quer te mudar, deixa esta visão distorcida de si mesmo. Jesus liberta,  Creia.

 Igreja vamos evangelizar, não fique parado. Eles precisam da graça do Pai.

domingo, 12 de janeiro de 2014

ENTREGA TOTAL VITORIA TOTAL SALMOS 37:5

E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa;
E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra.
Marta, porém, andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude.
E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária;
E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.

Lucas 10:38-42
Quando leio este texto Bíblico, percebo o quanto Maria se entregou, deixando tudo para ficar aos pés do Senhor Jesus.
Ao contrário de Marta, preocupada com o seu dia a dia, talvez  pensando que Maria não se importasse com a arrumação da casa.
Maria não perdeu a oportunidade de estar com o seu Senhor.
Quantas das vezes passamos o dia afadigado, preocupado, atribulado, pensativo..... e o dia todo se passa e não falamos com o Senhor, isto é, não houve uma entrega total deixamos a nossa rotina do dia a dia nos vencer.
Maria soube bem aproveitar o seu dia e escolheu a melhor parte. Não deixou se vencer pela rotina.
E isso que Deus quer, essa entrega diária, constante. Uma separação.
A vitória vem, com a intimidade e comunhão com Deus.
Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus. Salmos 51:17
Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito. Salmos 34:18
Porque, onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração. Lucas 12:34
Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. João 4:23
ADORE O SENHOR, LOUVE, GLORIFIQUE, ORE!!! SIRVA AO SENHOR, AME AO SENHOR
ENTREGA TOTAL VITÓRIA TOTAL.

FONTE: MISS. LIANE CRUZ
VENHA PARTICIPAR DESTA CAMPANHA ANOTE ENDEREÇO
ESTAMOS CONTANTO COM A SUA PRESENÇA!

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

POR QUE DEVO ORAR?

ORAI SEM CESSAR.
1 – INTRODUÇÃO
A pergunta campeã no meio evangélico é: “Se Deus já conhece minhas necessidades, por que então devo orar?” Em primeiro lugar, precisamos entender que orar é uma necessidade da alma humana e somos nós que precisamos dela e não propriamente Deus, além é claro, através dela unimos nossa vontade à vontade de Deus e desse modo ficamos conhecendo a Sua vontade e comunicamos a nossa. Portanto ela se torna a base de toda a comunicação com o Senhor Jesus.
2 – A ORAÇÃO DEVE SER INERENTE AO CRENTE
Jesus dependeu tanto da oração como qualquer outra pessoa que se compromete a servir com inteireza de coração a Deus. A oração foi o instrumento pelo qual Ele suportou as afrontas, por ela, não deu lugar ao pecado, por ela, tomou o peso da cruz e venceu o maligno (Mt 26.36-46). Ao assumir a forma humana, Jesus esvaziou-se de todas as prerrogativas da divindade e assumiu plenamente a natureza humana (Fp 2.5-8) experimentado todas as circunstancias inerentes à vida humana, inclusive a tentação (Hb 4.15).
Por varias vezes Jesus incitou os seus discípulos a orarem e em certa ocasião Ele estava orando e quando terminou os seus os discípulos sentiram o desejo de orar como Ele. Então um deles pediu que Jesus os ensinasse a orar. O Senhor prontamente atendeu ao súplice, pois Ele sabe que essa função é primordial na vida de qualquer cristão, e que deve ser praticada “sem cessar” enquanto estivermos neste mundo.
Todavia Jesus não disse que esta oração devesse ser repetida mecanicamente todas as vezes que fossem buscar ao Pai, como era costume entre os sacerdotes romanos que repetiam suas orações memorizadas com o extremo zelo de não errarem para não comprometerem as suas cerimônias.
3 – DECORRÊNCIAS PRÁTICAS DA ORAÇÃO MODELO
Nesta oração modelo, Cristo indicou, em cada área de interesse, a nossa posição diante de Deus Pai. Vejamos:
Como se vê, a estrutura da oração-modelo que o Senhor deixou não dá lugar para o “EU” e nem para o determinismo arrogante.
a)Porque Jesus orou:
Se Jesus era e é Deus, existia a necessidade Dele orar? Jesus não precisava orar, mas assim procedia pelo fato de que relacionar-se com o Pai é algo da própria natureza de sua divindade.
b)Quando Jesus orou?
• nas horas de grandes aflições e provações (Getsêmani);
• antes de grandes decisões (escolha dos 12 discípulos);
• antes de grandes realizações (ressurreição de Lázaro);
• no término de sua obra (João 17:4);
• orou na cruz do Calvário.
c)Onde Jesus orou?
Jesus frequentemente procurava um lugar e uma hora livre e sem interrupções para falar com seu Pai em oração. Frequentemente, Ele subia a montes, ou saia para um jardim, e gostava mais do período da noite ou ao amanhecer, quando havia menos distração com o mundo agitado. Tais hábitos eram tão típicos da vida de Cristo que Judas sabia exatamente onde encontrá-lo, embora só estivesse estado em Jerusalém poucos dias (João 18:1-3).
d)Como Jesus orou?
* Quando orardes não sereis como os hipócritas – Como podemos saber quando a nossa oração não é hipocrisia? A resposta é: Quando é direcionada aos céus e não para as vistas do homem;
* Entra no teu quarto – É evidente que Cristo não condena a oração nos cultos públicos (Jo 11:41-42; 17:1; At 1:14). Mas, mesmo a oração pública deve ser com “a porta fechada”, isto é, com o mundo excluído do coração e em contato com o trono de Deus, em espírito. Na maior multidão o crente pode achar seu “quarto de oração”. É difícil evitar a hipocrisia, mesmo no tempo de tristeza e angústia; mas em secreto é mais fácil orar sem fingimento;
* Feche a porta – Portanto, isso quer dizer separado do mundo e em contato com Deus. Devemos fechar a porta não somente para não sermos perturbados e distraídos, mas, também, para fugirmos aos olhos dos homens e ficarmos a sós com Deus – Sl 27:8. O quarto de oração de Jesus era o monte e o deserto (Mc 1:35; Lc 6:12); de Isaque, era o campo (Gn 24:63); de Davi, o quarto de dormir (Sl 4:4); de Pedro, o eirado (At 10:9); de Ezequias, o rosto virado para a parede (II Rs 20:2);
* Teu pai que ve em secreto – O lugar secreto, de amizade íntima, Sl 25:14; 27:5; 31:20; 91:1.
CONCLUSÃO:
A ênfase de Jesus sobre a necessidade do segredo da oração NÃO DEVE SER LEVADA A EXTREMOS, pois, se todas as nossas orações fossem mantidas em segredo, teríamos de desistir da ir à Igreja, orar em família e nas reuniões de oração. Jesus estava se referindo a oração particular (“TU PORÉM, QUANDO ORARES….E, FECHADA A TUA PORTA, ORARÁS A TEU PAI…”)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...