segunda-feira, 22 de abril de 2013

MÉXICO - MAIS DE QUINZE ANOS DE PRISÃO


"Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: de onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra". Salmos 121.1,2

A primeira seção do Supremo Tribunal de Justiça da Nação ordenou a libertação imediata de 15 índios envolvidos no caso Acteal. Eles haviam sido condenados por homicídio, assalto e posse ilícita de armas de fogo de uso restrito do exército. Isso se deu por conta do massacre de 45 indígenas Tzotzil, na comunidade de Acteal, em 22 de dezembro de 1997. As vítimas, em sua maioria mulheres e crianças, pertenciam à organização indígena Las Abejas - As Abelhas.

Os anos seguintes foram preenchidos com apelos, injunções, pedidos de revisão e, finalmente, o reconhecimento da inocência dos detidos pela maior instância judicial do país. Anterior a esse, outro grupo de prisioneiros foi libertado. Dos 17 presos restantes, 15 foram postos em liberdade essa semana, após mais de quinze anos de prisão!

A equipe da Portas Abertas no México viajou ao encontro deles para celebrar a sua liberdade. Eles pediram para que continuemos em oração pelos dois irmãos que ainda estão presos; para que a paz de Deus esteja sobre a vida deles. Pedem também que oremos pelo regresso pacífico dos homens que foram soltos e a sua relação com os membros da comunidade Las Abejas a partir de agora.


Fonte: Portas Abertas Internacional

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...