sábado, 26 de maio de 2012

SÍRIA MAIS DE 90 MORTOS UM VERDADEIRO MASSACRE



  • 26 de maio de 2012 | 
  • 18h03 | 
  • Tweet este Post
  • Categoria: Mundo
    Beirute - Um ataque de artilharia na Síria matou mais de 90 pessoas, incluindo dezenas de crianças, no pior ato de violência desde o início de um plano de paz das Nações Unidas para estancar o derramamento de sangue da insurgência síria, ativistas disseram no sábado.
    Os corpos ensanguentados de crianças, alguns com o crânio aberto, aparecem em vídeo colocado no YouTube com a intenção de mostrar as vítimas do ataque na cidade de Houla, no centro do país, na sexta-feira. O som de choro e lamentos tomava conta do local.
    Os relatórios da carnificina, que não puderam ser confirmados por fonte independente, ressaltam o quão longe está a Síria de qualquer saída negociada para a revolta que leva 14 meses contra o presidente Bashar al-Assad.
    O ministro das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, classificou a violência como “massacre” e disse que queria organizar um encontro em Paris dos Amigos da Síria, um grupo que engloba países árabes e do Ocidente interessados em remover Assad.
    A televisão estatal síria transmitiu algumas das cenas distribuídas por ativistas, afirmando que os corpos eram de vítimas de um massacre cometido por gangues “terroristas”.
    Também mostrou vídeo de corpos que pareciam ter ferimentos a bala na cabeça, esparramados em colchões com manchas de sangue.
    Um grupo de oposição com sede em Londres, o Observatório Sírio por Direitos Humanos, disse que os residentes de Houla estavam fugindo com medo de mais ataques.
    O grupo informou que uma pessoa foi morta na cidade de Saraqeb, no Norte, quando forças de segurança abriram fogo ante um protesto contra o massacre. Ativistas distribuíram imagens de vídeo aparentemente mostrando protestos similares em Aleppo, a maior cidade no Norte do país.
    Famílias mortas
    Um integrante do fragmentado grupo de exílio que diz falar pela oposição política na Síria afirmou que as forças de Assad tinham matado “famílias inteiras” em Houla além do ataque de artilharia.
    O Conselho Nacional Sírio (SNC, na sigla em inglês) pede ao Conselho de Segurança da ONU que convoque uma reunião de emergência… e determine a responsabilidade das Nações Unidas frente a tais assassinatos em massa,” afirmou a porta voz do SNC Bassma Kodmani.
    Ativistas de oposição disseram que forças sírias abriram fogo com artilharia na sexta-feira depois de enfrentar insurgentes em Houla, um grupo de vilarejos ao norte da cidade de Homs, que também foi atacada.
    Embora o plano de seis semanas do enviado pela paz Kofi Annan tenha falhado para parar com a violência, as Nações Unidas estão perto de enviar um grupo de 300 observadores sem armas para monitorar a trégua.
    O plano pede a trégua, além da retirada de soldados de cidades e um diálogo entre governo e oposição.
    VAMOS ESTA ORANDO POVO DE DEUS!!!!
    "O SENHOR SERÁ TAMBÉM UM ALTO REFÚGIO PARA O OPRIMIDO; UM ALTO REFÚGIO EM TEMPO DE ANGÚSTIA. SALMOS 9:9

    Nenhum comentário:

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...